Como parte do nosso esforço para educar o mundo sobre a inimaginável insanidade dos ditadores mundiais, apresentamos aqui cinco líderes que trataram seus países como brinquedos pessoais para suas mentes doentias.

#5. Ne Win – Chefe de Estado de Myanmar

Ne Win foi o chefe de estado de Myanmar (também conhecida como Birmânia) entre 1962 e 1981, mas você nem vai se lembrar mais disso depois de saber dessa pequena curiosidade ofuscante: os relatos dizem que ele costumava se banhar em sangue de golfinho. Ele acreditava que isso restaurava sua juventude e vitalidade.

Isso é praticamente uma clínica médica flutuante!

No geral, a supersticiosidade de Ne Win chegava a níveis de insanidade. Ele podia atravessar uma ponte andando de trás para frente, porque acreditava que isso afastaria o mal. Ele consultava videntes em quase todas as suas tomadas de decisão, e eles eram ainda mais malucos do que ele. Por exemplo, preocupado que seu regime estava virando de mais à esquerda (virando comunista e tal), Ne Win perguntou aos seus videntes o que ele deveria fazer. Eles o disseram para mudar o sentido de direção de todas as estradas do país da esquerda para a direita. Você sabe, para conter a esquerdice.

Então, no dia seguinte, Ne Win de repente proclamou que todo mundo estava dirigindo do lado errado na estrada. Não importa se todos os veículos e interseções de Myanmar estavam desenhados para serem conduzidos pela esquerda. Os videntes sabem o que estão falando!

Algo nos diz que esse cara tem dentes de alho pendurados no pênis

Os videntes também disseram a Ne Win que 9 era o seu número da sorte, e partir de então ele passou a fazer suas políticas nos dias que tinham algo a ver com 9. Ele em seguida anunciou que iria trocar a moeda do país para denominações de 15, 30, 45 e 90, e graças a isso ele viveria até ultrapassar os 90 anos de idade.

Isso pode parecer só um incômodo pequeno até você descobrir que ele também decretou que todas as denominações antigas e “azaradas” deixariam de ter valor legal. Como a maioria dos birmaneses escondiam seu dinheiro em latas de biscoito, a população inteira do país perdeu suas economias do dia pra noite.

Mas calma, veja só como essas coisas são coloridas!

O que aconteceu com ele?

O lance da mudança das moedas acabou sendo o último de Ne Win. Todo mundo estava tão furioso que o país inteiro pirou completamente. Para acalmar as multidões furiosas querendo sua cabeça, Ne Win não teve outra escolha a não ser renunciar e entregar as rédeas para um cara chamado San Yu.

Em seu discurso de despedida, Ne Win amargamente advertiu os manifestantes de que eles sem sombra de dúvidas não estavam sendo legais com ele. Em 2002, o genro de Ne Win tentou um golpe fracassado que supostamente foi orquestrado por ele. Como resultado, Ne Win foi colocado sob prisão domiciliar, onde ele morreria mais tarde naquele ano. Mas ele teve a última palavra, no entanto, provando que era verdade o que diziam seus videntes, pois ele viveu até os 91. Sim, significa que os poderes do sangue de golfinho também são reais!

Esse nosso amigo diz que suas lágrimas podem curar disfunção erétil. Ele vai te vender meio litro por 50 dólares.

#4. Enver Hoxha – Líder da Albânia

Enver Hoxha se tornou primeiro-ministro da Albânia em 1944, mas ele não estava satisfeito com esse mero cargo insignificante. Ele então tomou todas as funções do seu Gabinete para si mesmo, se autointitulando “Camarada-Presidente-Primeiro-Ministro-Ministro-das-Relações-Exteriores-Ministro-da-Guerra-Comandante-em-Chefe-do-Exército-Popular Enver Hoxha”.

Hoxha manteve proibida a posse de televisões coloridas e máquinas de escrever até a década de 80, porque elas eram uma distração do verdadeiro modo de viva albanês, que era, claro, o comunismo. A parte das TVs coloridas até que não foi tão má – elas se tornaram populares só na década de 60 – mas caramba, a máquina de escrever tinha sido inventada em 1870! Logo então, ele proibiu as barbas. Porque, lógico, elas são incompatíveis com o comunismo.

Assim como vários outros ditadores, Hoxha costumava usar dublês, já que ele temia um assassinato. Mas nada de simplesmente pedir por voluntários. Hoxha sequestrou um dentista numa região rural do país que era meio parecido com ele, e então o forçou a fazer cirurgia plástica para tornar a semelhança ainda maior. O pobre homem não teve escolha: teve que deixar sua vida para trás e viver fingindo ser o primeiro-ministro na esperança de levar um tiro qualquer hora (depois do colapso do regime de Hoxha, o homem desapareceu – há um livro sobre essa história).

Ainda mais do que um assassinato, Hoxha temia uma invasão soviética. Muita gente na verdade temia isso na época, mas Hoxha lidava com isso de um jeito especialmente insano: ele mandou construir 750.000 abrigos aleatórios por todo o país. Por um lado, a Albânia era um país de apenas 3 milhões, então isso parece exagerado. Mas então você descobre que cada abrigo só era grande o suficiente para caber 1 pessoa.

Nós temos quase certeza de que dá para colocar pelo menos uma dúzia de universitários aí dentro

O que aconteceu com ele?

Absolutamente nada. Hoxha permaneceu no poder até a sua morte. Nos anos finais, ele desapareceu das vistas públicas e escreveu mais de 60 livros sobre como ele era incrível e tudo o que ele fez foi certo. Ele deixou para trás uma Albânia quebrada e que era o país mais pobre da Euorpa.

Você também deve estar pensando que um ditador totalitário podia conseguir um cabeleireiro com talentos maiores que isso daí

Os abrigos que ele construiu são também surpreendentemente indestrutíveis e permanecem lá até hoje, lembrando a todos que, apesar de Hoxha estar morto, as reminiscências de sua loucura permanecerão vivas.

#3. Nicolae Ceausescu – Primeiro-Secretário do Partido Comunista da Romênia

Nicolae Ceausescu chegou ao poder em 1965 ao se tornar primeiro-secretário do Partido Comunista da Romênia após a morte de seu antecessor. Dado que ele era o líder de um país comunista tardio, você poderia imaginar que ele não teve enormes delírios de grandeza. Você estaria errado.

Ele foi eleito como o “mais provável de se tornar um ditador narcisista” no ensino médio

Ele chamava a si mesmo de “Geniul din Carpati” (“O Gênio dos Cárpatos”). Ele chegou a mandar fazer um cetro para si, levando Salvador Dalí a enviar pessoalmente um telegrama caçoando do tal cetro. Obviamente, o iludido Ceausescu não tinha noção de sátira e mandou publicar a carta de Dalí na primeira página do jornal.

Em 1980, o gênio Ceausescu queria um palácio que confirmasse ainda mais o seu status divino. Ele planejou isso bem no meio da parte mais histórica da cidade, e para isso foi necessária a destruição de 19 igrejas, seis sinagogas e 30.000 casas. Considerado o maior edifício do mundo depois do Pentágono, o projeto foi ambicioso ao ponto da estupidez. Ele custou à Romênia US$ 10 bilhões e exigiu uma equipe de 700 arquitetos. Para você ter uma ideia do tamanho, depois da morte de Ceausescu, o palácio passou a ser usado como sede do Parlamento da Romênia… e o Parlamento inteiro ainda só consegue ocupar 30% do espaço.

Ao menos dá pra realizar umas partidas selvagens de handball aí

Apesar de tudo, o Ocidente era amigável com Ceausescu, porque ele era tão maluco que até mesmo os outros comunistas odiavam ele. Os britânicos chegaram a ordená-lo cavaleiro, e a França o presenteou com a Legião de Honra.

Aqui Ceausescu não é a pessoa mais estranha da foto

E aqui ele está… amarrado

Isso tudo só serviu para alimentar ainda mais os seus delírios malucos (realmente conceder o título de cavaleiro a uma versão ditatorial do Charlie Sheen não foi lá uma grande ideia), e então ele pediu que sua esposa quase analfabeta, Elena, fosse feita membro da Academia de Ciências de Nova York e do Real Instituto de Química. De volta para casa, ela foi coroada “Camarada-Acadêmica-Doutora-Engenheira”, e cientistas importantes tinham que incluir o nome dela em suas pesquisas. Ele também proclamou que Nicu, seu filho alcoólatra e mulherengo, era um “cientista de reputação internacional” e alegou que ele havia publicado vários volumes sobre física nuclear, provando a toda Romênia de uma vez por todas que estudar duro não te leva a lugar algum.

O que aconteceu com ele?

A grande alienação de Ceausescu a respeito do mundo em geral também o levou a ficar alienado sobre o quanto seu povo o odiava. Em 1989, o país inteiro entrou em estado de revolta contra ele. Ceausescu tentou acalmar as multidões com um de seus muitos discursos gaguejados, mas isso apenas os deixou ainda mais furiosos. No meio do discurso, as pessoas começaram a gritar e a atirar coisas.

“Melhor você correr”

Ceausescu foi capturado dias depois, e em um julgamento corrido e encenado, ele e sua esposa foram levados para fora e fuzilados. Para adicionar mais um insulto a isso, a rainha revogou seu título de cavaleiro.

#2. Kim Il Sung – Presidente Eterno da República Democrática Popular da Coréia

Se você já se perguntou como Kim Jong Il se tornou tão maluco, não se pergunte mais. Com um pai como Kim Il Sung, é um milagre que Jong Il não esteja em uma camisa de força e comandando uma sala cheia de bonecos troll para serem seu exército.

Nós culpamos os amigos dele

Kim Il Sung foi o primeiro presidente da Coréia do Norte após a II Guerra Mundial, em 1945. Sua indicação pelos soviéticos mostrou o quão pouco eles realmente se importavam com os coreanos, porque Kim nem era muito coreano no fim das contas (ele teve apenas 8 anos de estudos formais, e todos eles na China – ele falava tão pouco coreano que teve que ser ajudado durante seu primeiro discurso). Os soviéticos não perceberam que ele era maluco até ele iniciar a Guerra da Coréia, com a qual não conseguiu nada além de destruir metade do país. E a partir daí, o sujeito enlouqueceu de vez.

Ele disse a seu povo que durante a II Guerra Mundial havia tomado parte em mais de 100.000 batalhas ao longo de 15 anos. Isso dá mais ou menos 20 batalhas por dia. Ah, e a II Guerra Mundial durou apenas 6 anos. Precisamos mencionar que na realidade ele dificilmente viu qualquer combate da II Guerra? Ele também dizia que podia transformar areia em arroz e cruzar rios em cima de folhas, acreditando ser uma espécie de Jesus coreano.

Se Jesus tivesse canhões.

Kim então mandou fazer 20 diferentes “Emblemas Kim Il Sung” para as pessoas vestirem, de modo que diferentes classes poderiam usar diferentes emblemas. Ele também fez alguém escrever uma “Canção do General Kim Il Sung”. Os dois primeiros versos eram usados nos intervalos da rádio e TV norte-coreana, e em 2005, o programa espacial norte-coreano levou a música para o espaço, alertando aos aliens sobre a terrivelmente contagiosa estupidez que temos na Terra. Em outras palavras, ele inaugurou a tradição norte-coreana de fazer da propaganda uma prioridade sobre a alimentação, educação e sanidade.

Mas não se preocupe, o que é dele está guardado…

O que aconteceu com ele?

Ah não, espera um pouco. Kim morreu como um homem gordo e feliz em 1994!

Kim por volta de 1946

Kim após a sua morte

Seguiu-se então um período de 10 dias de luto, e centenas de milhares de coreanos com lavagem cerebral vieram de todas as partes do país para chorar dramaticamente sob o corpo. Milhares se suicidaram, já que, obviamente, não havia mais nenhuma razão para viver.

Em 1998, Kim Jong Il postumamente fez de seu pai Presidente Eterno da República. Claramente, ele nunca conseguiria estar a sua altura.

#1. Mao Tsé-Tung – Presidente do Partido Comunista da China

Mao Tsé-Tung se tornou líder da República Popular da China quando ela foi fundada em 1949. Nós já explicamos em outra oportunidade como ele foi responsável por uma das mais desastrosas políticas da história mundial, o “Grande Salto Adiante”. Basicamente, ele tentou tirar todo o seu povo do trabalho agrícola para ao invés disso tentarem fabricar aço no quintal de casa (nota: não dá para você fazer aço no quintal de casa). Milhões morreram de fome.

Isso é, infelizmente, apenas a ponta do iceberg da loucura de Mao Tsé-Tung.

Nós sabemos que quase todo mundo nessa imagem era maluco, mas presta atenção no carinha com o cavanhaque compridão. Esse tá na cara que era um baita filho da mãe

Na sequência da catástrofe, o poder de Mao ficou consideravelmente abalado, tanto que dois de seus subordinados, Liu Shaoqi e Deng Xiaoping, conseguiram arrancar uma quantia de poder dele. Isso claro enfureceu Mao, que imediatamente começou outra campanha desastrosa: a Revolução Cultural, que era literalmente uma guerra contra pessoas inteligentes.

Sob o pretexto de que elementos burgueses estavam sem infiltrando em uma sociedade sem classes, Mao baniu seus oponentes políticos, como Liu e Deng, para o interior. Logo, entretanto, a definição de Mao para opositores políticos passou a englobar “qualquer um que for inteligente”. Universidades foram fechadas, e professores e alunos foram enviados para o interior para se “reeducar” através do trabalho. A palavra “intelectual” se tornou um insulto. O único gênio aceito por Mao era ele próprio (as pessoas eram ensinadas a repetir a frase “o Presidente Mao é um gênio, tudo o que o Presidente diz é realmente verdade; uma só das palavras do Presidente substituirá o significado de dezenas de milhares das nossas”).

“Além disso, sua imagem de modo algum vai acabar no chão de lojas vintage do mundo todo”

E aí surgiu Lei Feng. O cara foi um soldado completamente aleatório que morreu de modo banal após ser atingido por um poste telefônico. Mas Mao por algum motivo arbitrariamente decidiu declará-lo o grande herói da nação. Várias fotos encenadas supostamente retratando ele fazendo boas ações e histórias de seu heroísmo foram inseridas nos livros didáticos de todas as escolas. Um diário pertencente a ele foi “encontrado” e continha nada mais do que elogios floridos para Mao.

Pombas e metralhadoras. A China tem os dois

Mao então recrutou estudantes do ensino médio para sua causa, batizando eles de “Guarda Vermelha”. Ele encarregou esses adolescentes de corrigir os elementos burgueses da sociedade e na prática os deu um cheque em branco legal para que pudessem fazer isso por quaisquer meios que escolhessem. Isso deu exatamente no que você imagina – eles começaram a saquear as casas das pessoas e espancá-las se encontrassem em sua posse qualquer coisa remotamente ocidental, como gravatas.

O que aconteceu com ele?

Conforme foi envelhecendo, Mao começou a se preocupar com sua própria mortalidade e acreditar na crença taoísta de que fazer sexo com virgens prolonga a vida útil. Garotas jovens eram trazidas de todas as partes do país para ajudá-lo nessa tarefa monumental. Mao as vezes fazia sexo à 5 ou à 6 e assistia espetáculos de balé nu subaquático.

Até mesmo Enver Hoxha se curva à loucura

Mesmo assim ele morreu em 1976. Para sermos honestos, nós estamos realmente surpresos que isso não tenha funcionado.

Veja também

5 coisas que você só vai saber se tiver crescido em um regime comunista

// Tradução de Andrew Zanelato.  | Artigo Original